Banner Alcoa

terça-feira, janeiro 13, 2015

Pará reduz em 62% casos de dengue e segue para erradicar a malária

O Pará controla as sete endemias que ainda resistem no Estado: dengue, malária, doença de Chagas, leishmaniose, raiva, ofidismo (picada de cobra) e hantavirose (transmitida pelas fezes e urina de rato). Aquelas com maior incidência foram reduzidas no mínimo mais de 38% de 2013 para 2014. A meta deste ano é diminuir a quase zero os casos de malária, segundo o Departamento de Controle de Endemias da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Para o diretor do departamento, o pesquisador Bernardo Cardoso, a erradicação é perfeitamente possível. “Em 2010 o Pará tinha 228 mil casos de malária, em 2011 começamos um trabalho que foi diminuindo drasticamente os registros. Em 2013, foram 33 mil casos, e em 2014, 13 mil, queda de 38,74%. Ainda que numericamente pareçam muitos, quando dissolvidos em um território desse tamanho, vemos que não é tanto. Dos 144 municípios paraenses, apenas 16 têm casos, e todos foram tratados, com nenhum óbito. Os maiores problemas estão nos municípios em região de garimpo, onde faremos visitas nesse ano”, explica.

Os primeiros dados de 2015 saem nesta quinta-feira (15), mas a Sespa é otimista. Os casos de dengue caíram 62,35% de 2013 para 2014. “Foram oito óbitos em 2013 e apenas dois no ano passado. De 7.958 casos confirmados, caímos para 2.996 no mesmo período. Dos nove municípios com mais casos, todos receberão as capacitações para as equipes de combate a endemias já fevereiro. Parauapebas teve 510 casos no ano passado, seguido de Senador José Porfírio com 407”, revela.

O Pará é um dos Estados com os melhores índices de combate à dengue do Brasil. “Em 2010, foram quase 40 mortes causadas por complicações com a doença. Diminuímos a incidência do mosquito, e obviamente reduzimos os casos. São Paulo é o Estado com mais casos, mas também é o mais populoso. Só para se ter ideia, em Minas Gerais foram registradas mais de 180 óbitos por dengue”, informa Bernardo Cardoso.

Chikungunya – Já o vírus Chikungunya também está controlado, e não há registros de transmissões ocorridas dentro do Estado. “Nossa preocupação com esse vírus é semelhante à que temos com a dengue. Para ambas as doenças o tratamento é apenas paliativo, de suporte e de correção de sequelas, então é preciso diminuir a incidência do mosquito transmissor”, diz o diretor de Endemias da Sespa.

Energia no Pará

No Repórter 70, de hoje:



Diagnóstico

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Adnan Demachki, acaba de criar grupo de estudo integrado por técnicos da Secretaria e de federações de classe para elaborar diagnóstico sobre a equação do Ministério de Minas e Energia que fixou os valores das tarifa por Kw/h, atingindo inclusive o Pará. A ordem é identificar os instrumentos legais que levaram à medida e buscar alternativas de redução de custos.

Propostas

Ao final desses estudos, o grupo de trabalho terá que avaliar, entre outros aspectos, se há necessidade ou não de propor alterações à legislação federal ou apenas alterar as portarias do Ministério das Minas e Energia ou da Agência Nacional de Energia Elétrica referentes ao assunto. A decisão do governo do Estado saiu de recente reunião com o setor produtivo.

Charlie Hebdo: lá e aqui

Se o ataque a revista francesa Charlie Habdo fosse no Brasil primeiro as autoridades iriam checar se os "meninos" não eram filhos de juízes, políticos ou empresários milionários para depois prendê -los. Ou vocês acham que queimar vivo índio e mendigo não se compara a um ato terrorista para os civilizados? Caso fossem "filhos de família", no domingo teria um Fantástico com uma entrevista deles e criticas ao sistema penal brasileiro.

sexta-feira, janeiro 09, 2015

890 mil filhotes de tartarugas da Amazônia serão soltos no rio Tapajós



No próximo sábado (10/01), mais de 800 mil filhotes de tartarugas da Amazônia nascidos no Tabuleiro de Monte Cristo, base de apoio do Ibama em Aveiro/PA, serão soltos no rio Tapajós, como parte das ações do programa Programa Quelônios da Amazônia (PQA). O evento contará com apoio da comunidade envolvida no processo de preservação dos ninhos no último ciclo de desova em 2014, e presença dos parceiros do projeto, entre eles a Mineração Rio do Norte.

O Programa Quelônios da Amazônia (PQA) foi criado em 1976 e atualmente é executado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama. O tabuleiro de Monte Cristo, localizado no rio Tapajós, é uma das áreas pioneiras na conservação de quelônios, onde a população de tartarugas da Amazônia (Podocnemis expansa) foi reintroduzida em 1978 com 400 fêmeas adultas, que produziram 11.040 filhotes.

A preservação das tartaturgas garante, indiretamente, a proteção de diversas outras espécies, tais como o peixe-boi, botos vermelho e tucuxi, diversas aves migratórias, répteis, anfíbios, e do pescado, recurso natural muito utilizado pelas comunidades ribeirinhas locais para consumo e renda.

A área de abrangência do programa é de cerca de cinco mil hectares, formada por cerca de dez ilhas interligadas por corpos hídricos, tais como igarapés, paranás e pequenas lagoas, no médio Tapajós, município de Aveiro, oeste do estado do Pará. A área tem como limite norte a vila de Brasília Legal e ao sul a comunidade de Barreira, localizada a 45 km do município de Itaituba, 62 km de Aveiro e 210 km de Santarém.

quinta-feira, janeiro 08, 2015

Prazo para que "guincho" se credenciem junto à SMT termina amanhã



Termina nesta sexta-feira (09/01) o prazo para que as empresas, que exploram o serviço de guincho, se credenciem junto à Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT).  O edital estabelece os critérios que devem ser seguidos para o desempenho das atividades das empresas que exploram esse tipo de atividade. Até hoje (quinta-feira, 08), véspera do encerramento do prazo, apenas, três empresas estão habilitadas.

A partir do credenciamento, fica vetada a prestação de serviços de guinchamento de veículos por empresa que não esteja credenciada junto à SMT. O edital define, de agora em diante, sorteio entre os credenciados para fixar uma sequência de rodízio, cuja escala será conhecida com antecedência para cada mês.

Foi criada uma tabela que será seguida conforme a classificação dos veículos a serem guinchados. Reboque de veículos de passeio e vans R$ 128,00, motocicletas R$ 75,00, ônibus, caminhões e similares R$ 220,00.

Os valores praticados dependem da distância percorrida, que não pode ser superior a 20 km. Quando a distância ultrapassar esse limite, será cobrado o valor de R$ 1,50 por quilômetro excedido.

Até hoje véspera do encerramento do prazo para o credenciamento das empresas interessadas, 3 empresas estão habilitadas.

CCOM/PMS

Alcoa apresenta materiais de alumínio para próxima geração com tecnologia de fabricação revolucionária



A Alcoa, líder mundial em metais leves, revelou uma tecnologia de fabricação revolucionária, a Alcoa Micromill™, que possibilitará a produção de chapas de alumínio mais avançadas do mercado. O Micromill faz parte da próxima geração de produtos automotivos de alumínio e prepara a Alcoa para captar a demanda crescente do setor. 

Patenteado pela Alcoa, o processo Micromill altera drasticamente a microestrutura do metal, permitindo a produção de uma liga de alumínio para aplicações automotivas que é 40 por cento mais maleável e 30 por cento mais resistente do que o alumínio convencional, ao mesmo tempo em que preenche requisitos rigorosos de qualidade de superfície automotiva.

Assim, as peças automotivas feitas com material Micromill serão duas vezes mais moldáveis e pelo menos 30 por cento mais leves do que as peças feitas de aço de alta resistência. A liga produzida pelo Micromill tem características de maleabilidade comparáveis as dos aços doces.

“O Alcoa Micromill representa um grande avanço nos materiais de alumínio”, afirmou o presidente do Chariman e CEO da Alcoa, Klaus Kleinfeld. “Essa tecnologia abrirá caminho para a próxima geração de produtos automotivos com combinações de resistência, maleabilidade e qualidade de superfície que não eram possíveis anteriormente. Ela permitirá que nossos clientes redefinam as fronteiras dos projetos automotivos com a criação de veículos mais leves, energeticamente eficientes, seguros e elegantes para o futuro.”

segunda-feira, dezembro 29, 2014

Agências da Celpa terão horários especiais no final do ano



As agências de atendimento da Celpa estarão com horários de funcionamento diferenciados durante o  dia 31 de dezembro. Todas as agências da Celpa, que funcionam até às 17h, funcionarão até às 14h, com exceção das agências localizadas nas Estações Cidadania – que estarão fechadas, pois o Governo do Estado facultará o dia 31. Até as 14 h, os postos continuarão oferecendo serviços de troca de titularidade, cadastro de tarifa social, solicitação de ligações novas, impressão de 2º via de fatura, entre outros serviços.

Em relação às solicitações de ligação provisória, a Celpa orienta os clientes a procurar uma Agência de Atendimento no horário comercial para fazer o pedido o quanto antes. Os interessados devem apresentar a licença de funcionamento concedida pela Prefeitura, documentos de identidade e CPF, além de informar os equipamentos que serão instalados.

Segundo Edenise Chaves, responsável pelas Agências e Comunidades da Regional Norte da Celpa, esse tipo de ligação é indicado para uso em um curto período de tempo, geralmente para iluminar barracas e palcos para shows. “Ao declarar os equipamentos a serem utilizados e o período, o cliente receberá uma fatura de consumo de acordo com essas informações. É importante que o comerciante observe e informe à Celpa a existência de rede elétrica no trecho onde pretende se instalar”, explica. Em caso de falta de energia, o cliente pode entrar em contato com a Celpa pelo número 0800 091 0196. A ligação é gratuita.

Barbalho e Lula

 No Repórter 70, de hoje:

 

De corruptos

Em editorial publicado pelo jornal “Folha. de S Paulo” de domingo, o jornalista Bernardo Mello Franco engrossa o coro de críticas sobre a nova equipe de ministros de Dilma fazendo uma análise precisa: o PT, desde a presidência de Lula, tem se especializado em reabilitar políticos submersos num mar de acusações de corrupção e de processos na Justiça. Entre outras figuras nefastas da política brasileira, como o ex-presidente Fernando Collor, o senador Jader Barbalho voltou das profundezas após esquecer as rixas com os petistas e se tornar um dos defensores de seus interesses. 

 

Beijo 

Vejam só: as mesmas mãos que Lula beijou em um palanque eleitoral estiveram algemadas em 2002, quando Jader Barbalho foi preso, investigado por desvios milionários no conhecido escândalo da Sudam. Quase 13 anos depois, o processo contra Barbalho não entra na pauta do STF. Mesmo assim, o ex-presidente petista insiste em afirmar, relembra Bernadro Mello Franco, que os “poderosos acusados de desviar dinheiro público nunca iam para a cadeia até a sua chegada ao Planalto”. 

 

Gentilezas

Como gentileza gera gentileza, a conversão de Jader Barbalho - e do PMDB - ao PT foi recompensada: Helder Barbalho foi convidado para assumir o cargo de secretário da Pesca, compondo o núcleo ministerial dos derrotados nas eleições - a exemplo de Eduardo Braga (Minas e Energia) e Armando Monteiro (Desenvolvimento). Ironicamente, destaca o jornalista da “Folha”, a nomeação do Barbalhinho é marcada pelo DNA do pai, acusado de desviar recursos da Sudam liberados para o famoso ranário da família: “Como ministro, Helder vai comandar a distribuição de verbas federais para a criação de peixes, crustáceos, moluscos, rãs e jacarés”. 

sexta-feira, dezembro 26, 2014

Produtores rurais de Juruti lançam cooperativa com apoio da Alcoa

Produtores da região de Planalto e Lago de Juruti, no oeste do Pará, acabam de lançar a Cooperativa de Trabalhadores da Agricultura Familiar (Cooafajur), na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Juruti. Os 29 cooperados integram o Programa de Agricultura Familiar da Alcoa, desenvolvido em parceria com o Instituto Vitória Régia (IVR), estimula sete atividades e beneficia cerca de 200 famílias.

A Cooperativa pretende fortalecer a agricultura familiar no município, aproveitando o potencial econômico da região. “A gente vai poder emitir nota e fazer a comercialização dos nossos produtos no município. Vai facilitar para recebermos o dinheiro, fazer o comércio e vender o produto, além de possibilitar parcerias”, explica Amadeu Henrique de Souza, presidente da Cooafajur.

Durante este ano, produtores de Juruti, onde a Alcoa atua com uma mina de bauxita, receberam capacitação por meio de oficinas de boas práticas de cultivo de hortaliças, produção de mudas, bovinocultura e piscicultura. Esta última foi realizada em outubro e atendeu 14 comunidades que trabalham com pescado. “O objetivo principal é capacitar os produtores para melhorar o manejo da piscicultura e com isso agregar mais valor à atividade, e produzir com mais qualidade e rentabilidade”, pontua Sheyla Oliveira, coordenadora do Instituto Vitória Régia.

Programa de Agricultura Familiar – Além do apoio de assistência técnica e das oficinas ministradas, os comunitários receberam ainda capacitação de empreendimentos coletivos. As atividades fomentadas no município foram selecionadas por meio de diagnóstico participativo, em que foi observada a necessidade das comunidades, com orientações e esclarecimentos sobre as cadeias produtivas. O Programa de Agricultura Familiar saltou, nos últimos três anos, de três atividades para sete: horticultura, piscicultura, produção de mudas, meliponilicultura, avicultura, Sistema Agroflorestal Sustentável e manejo de bovinos.

PMDB rejeita escolha de Helder Barbalho para ministro


Mesmo com a confirmação pela presidente Dilma Rousseff de que seis ministérios vão ficar nas mãos do PMDB, o clima no partido não é de festa. Além de quererem pastas com orçamentos maiores e mais peso político, os peemedebistas consideram a nomeação de Helder Barbalho para o Ministério da Pesca uma “barriga de aluguel”, assim como as indicações de Kátia Abreu (Agricultura) e Vinícius Lages (Turismo). As informações são do jornal O Liberal.

A bancada do PMDB no Senado só ficou satisfeita com a ida do senador Eduardo Braga (PMDB-AM) para o Ministério de Minas e Energia.

Os peemedebistas não se sentem representados por Helder, emplacado pelo pai, Jader Barbalho (PMDB-PA), e por Lages, indicado por Renan Calheiros (PMDB-AL). Recém-filiada ao partido, Kátia Abreu é considerada pelos senadores do partido como da cota pessoal de Dilma. Já o PMDB da Câmara queria o Ministério da Integração Nacional, mas acabou ficando com o deputado Eliseu Padilha (PMDB-RS) na Aviação Civil e o deputado Edinho Araújo (PMDB-SP) na Secretaria dos Portos, que tem status de ministério. 

As negociações da reforma ministerial emperraram no PT. A intenção de Dilma de nomear o deputado Pepe Vargas (PT-RS) para comandar a articulação política desagradou o ex-presidente Lula e gerou uma crise na corrente majoritária do PT, a Construindo um Novo Brasil. Integrante da ala Democracia Socialista, que atua em conjunto com a segunda maior corrente petista, a Mensagem, Pepe não circula nem no PT nem nos demais partidos. É um deputado de pouca expressão política e não é considerado à altura da função por Lula nem por dirigentes petistas.

segunda-feira, dezembro 22, 2014

Justiça suspende atividades de mineradora em Jacareacanga

Empreendimento da mineradora Ouro Roxo desrespeitou legislação e direitos de comunidade tradicional

A Justiça Federal obrigou a mineradora Ouro Roxo a suspender as atividades na Área de Proteção Ambiental Federal (APA) Tapajós, situada na vila São José, zona rural de Jacareacanga, no sudoeste do Pará. Caso descumpra a decisão judicial, a mineradora poderá ser multada em até R$ 5 mil por dia de descumprimento.

Assinada pelo juiz federal Rafael Leite Paulo, a decisão liminar (urgente) foi comunicada na última quinta-feira, 18 de dezembro, ao Ministério Público Federal (MPF), autor da ação juntamente com o Ministério Público do Estado (MP-PA), e é baseada em uma série de irregularidades no licenciamento ambiental do empreendimento.

Entre as irregularidades apontadas pelo MPF e pelo MP-PA estão a desconsideração dos impactos socioeconômicos à comunidade tradicional da região e o desrespeito ao direito de preferência para concessão do garimpo a essa comunidade.

A Justiça Federal também obrigou o Estado do Pará a suspender todos os procedimentos administrativos de licenciamento em nome da mineradora e do seu representante legal. Caso a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) renove ou modifique as licenças existentes, pode ser multada em até R$ 5 mil diários.

O juiz federal Rafael Leite Paulo determinou também que o Departamento Nacional de Proteção Mineral (DNPM) suspenda a concessão de lavra à mineradora e ao representante da empresa e que analise o pedido de permissão e lavra garimpeira feito pela comunidade da vila São José.

domingo, dezembro 14, 2014

Celpa põe a mão no bolso do consumidor do Pará

O Liberal, de hoje:

Metade das reclamações que chegaram à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) contra as Centrais Elétricas do Pará (Celpa) foram por erros de leitura do consumo mensal. Elas representaram 2.111 queixas do total de 4.662 apuradas ao longo do último ano, segundo o relatório Ouvidoria Setorial em Números. O montante correspondeu a quase seis novas reclamações por esse motivo a cada dia. Mais preocupante, segundo a avaliação da Aneel, é que, mesmo com as milhares de reclamações, pouco se fez para reverter esse quadro ao longo dos últimos anos. O número de reclamações da Celpa por cobrança indevida no último ano, já sob controle da Equatorial Energia, foi 74,6% superior ao registro do mesmo período de 2012, época que a empresa estava sob o comando do Grupo Rede. Se comparar com os números de 2011, esse aumento salta para 254%.

Os dados desse ano estão sendo consolidados pela Aneel e devem ser divulgados ainda essa semana. Mas a tendência é que seja um novo recorde. Dados preliminares, referentes ao primeiro bimestre de 2014, apontam um acréscimo de 85,9% de reclamações em relação ao mesmo período do ano passado. Além da enxurrada de queixas na Aneel, os consumidores paraenses também têm levado as suas insatisfações ao Ministério Público do Estado (MPE-PA) e à Diretoria de Proteção Defesa do Consumidor do Estado do Pará (Procon-PA). Nesse último, por exemplo, as queixas contra a Celpa saltaram de um total de 2,2 mil em 2012, para mais de 3 mil, em 2013 - disparada a campeã de reclamações.

Ajuste - No fim do primeiro semestre, a Promotoria de Defesa de Justiça do consumidor e o Procon-PA, formalizaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto a Celpa, em razão dessa elevada demanda de reclamações, sobretudo pela queixa dos consumidores pelo acúmulo de consumo em suas faturas. Pelo documento assinado, a distribuidora de energia elétrica do Estado se comprometeu a não “faturar mais de um acúmulo [de contas] no período de 12 meses” e ficou obrigada a encaminhar “todas as faturas de ‘acúmulo de consumo’ no município de Belém através de agentes negociadores com o dever de esclarecer a situação ao consumidor, oportunizando a ele parcelamento da fatura em período não inferior ao dobro dos meses acumulados em sua fatura”, haja vista que “o consumidor não pode ser surpreendido com sucessivos acúmulos de consumo em sua fatura”.

No TAC, a promotora Joana Coutinho pontuou as sucessivas reclamações de consumidores contra a Celpa, junto ao Procon-PA, em face à abusiva cobrança de faturas acumuladas, a exemplo do que aconteceu com uma Unidade Consumidora reclamante em Belém, que, de maio de 2013 a fevereiro deste ano, manteve a leitura entre 233 a 269 quilowatt-hora (Kwh). Em março deste ano, ela baixou para 61 Kwh sem que se possa afirmar que a Celpa tenha feito a medição. Em abril, voltou aos 226 Kwh (dentro da média até então registrada) e, em maio, a fatura mostrou consumo elevado de 497 Kwh, provavelmente repondo o que teria faltado em março.

Jornal Tapajós Agora, já nas bancas!


quarta-feira, dezembro 10, 2014

Roseana Sarney deixa cargo de governadora do Maranhão pela porta dos fundos

Do G1, do Maranhão: 

A governadora do Maranhão, Roseana Sarney, renunciou ao cargo na manhã desta quarta-feira (10), em solenidade no no Palácio dos Leões, sede do Governo do Maranhão. Com o seu afastamento, quem assume o cargo é o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado estadual Arnaldo Melo (PMDB). Isso acontece porque Washington Luiz, que era vice-governador, deixou o cargo em novembro do ano passado para assumir uma vaga como conselheiro do Tribunal de Contas do Maranhão. Roseana Sarney atribuiu a saída do cargo à necessidade de cuidar da sua saúde.

Em seu discurso, Roseana agradeceu à classe política e ao povo do Maranhão. "Este não é um discurso de despedida, nem um relatório. É uma fala de agradecimento. Primeiro a Deus, que me possibilitou a graça da vida. Agradeço à classe política, ao o PMDB e aos aliados, senadores, deputados e prefeitos pelo reconhecimento e  pela solidariedade. Agradeço a todos os servidores públicos que ajudaram o meu governo com trabalho competente e seriedade, e aos trabalhadores do campo pela contribuição valorosa. Agradeço ao povo do Maranhão, homens e mulheres da minha terra, a quem devo meus sucessivos mandatos, ao carinho com que sempre me trataram. Terão sempre meu amor eterno e minha gratidão perpétua", declarou. Participaram da solenidade o senador José Sarney, secretários de Estado, deputados e representantes da classe política do Maranhão.

sábado, dezembro 06, 2014

Hospital Regional do Baixo Amazonas receberá maior nível de Acreditação



Após uma semana de visitas e avaliações em todos os setores do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), que é administrado pela Pró-Saúde, em parceria com o governo do Estado, a Fundação Carlos Alberto Vanzolini fez, na manhã desta quinta-feira (4), a divulgação do resultado parcial de Acreditação Nível III. O resultado divulgado pela comissão de auditores torna o HRBA apto a receber a recomendação de Hospital Acreditado pela Organização Nacional da Acreditação (ONA), o que demonstra a qualidade e segurança dos serviços prestados à população, sendo um hospital com total atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo as normas estabelecidas dentro do Manual Brasileiro de Acreditação Hospitalar, onze critérios devem ser rigorosamente obedecidos. Entre eles estão o acesso e continuidade do cuidado; direitos do paciente e familiares; avaliação do paciente; cuidados ao paciente; educação do paciente e familiares; melhoria da qualidade e segurança do paciente; prevenção e controle de infecções; governo, liderança e direção; gerenciamento do ambiente hospitalar e segurança; educação e qualificação de profissionais; gerenciamento da informação.

No HRBA, o processo de busca pela certificação dentro dos critérios estabelecidos pela Organização Nacional da Acreditação (ONA) se iniciou em 2012, ano em que ocorreu a conquista da certificação ONA I. Em outubro de 2013, após um significativo crescimento e evolução de serviços, o HRBA conquistou a ONA II, uma trajetória de amadurecimento e busca pela excelência dos serviços prestados, como informou a assessora de Qualidade do HRBA, Veruska Ramalheiro.

“Isso é resultado de tudo que o hospital tem feito para conseguir o máximo de níveis da Acreditação. Depois dessa conquista, agora é só manter, afinal, chegamos ao nível máximo das acreditações. O próximo passo é buscar a acreditação internacional, feita por uma instituição canadense”, disse.

Jornal Tapajós Agora, já nas bancas!


sexta-feira, dezembro 05, 2014

Blog do Jeso ganha Prêmio Fiepa de Jornalismo

Jeso Carneiro e Alailson Muniz.
O jornalista e amigo Jeso Carneiro esteve em Belém (Hangar Centro de Convenções), na noite de ontem (4), onde recebeu o prêmio de “Blogueiro do Ano” no Pará, dentro da premiação “Melhores Profissionais do Ano – Blogueiros” do Prêmio Fiepa de Jornalismo 2014.

Jeso Carneiro recebeu o troféu das mãos do deputado eleito e ex-secretário de Estado Sidney Rosa (PSB). Cinco blogueiros estavam entre os finalistas. Jeso foi eleito pelo voto popular, via internet, com 841 votos. A blogueira Franssinete Florenzano, com 839 votos, ficou em 2º lugar. No ano passado, ela foi a vencedora do prêmio.

Também concorreram Blog do Barata (460 votos), Zé Dudu (416) e Paulo Bemerguy/Espaço Aberto (281). Essa foi a segunda edição do Prêmio Fiepa de Jornalismo.